20 de outubro de 2017 capoadmin

O Bairro da Mooca sempre esteve relacionado a grandes nomes da Capoeira. Desde o Mestre Suassuna, que esteve uma temporada pelo bairro, vindo de Itabuna, Efrain, Mestre Wolney, Waguinho e Low também, quis o destino que eles seguissem outro rumo para longe da Mooca. Porém o Mestre Canguru (na época Contra-mestre Canguru, formado em 1988 pelo Mestre Suassuna) formado na oficina Três Rios com outros grandes nomes da Capoeira como: Charm, Espirro Mirim, Xavier, Sampaio, Sarara, Lucifer, Zé Antonio, Ponciano entre outros, veio para aqui em nosso querido bairro da Mooca. Assim, abrimos uma nova página na Capoeira da Mooca, na Academia Jumping, com Mestre Canguru dando aulas nesta academia até meados de 1996. Em 1997, Mestre Canguru resolve ingressar no Grupo Iê Capoeira, dos Mestres Capa, Preguiça e Canela, sediado em Niterói, no Rio de Janeiro. Uma divisão acontece entre os seguidores do Mestre Canguru, já que alguns dos seus Formados continuam na Cordão de Ouro, enquanto outros ingressam no Grupo Iê juntamente com o Mestre.
Em 1998, em uma reunião na Praça da Mooca, Mestre Canguru, juntamente com alguns de seus formados (os que estavam no grupo Cordão de Ouro e os do Iê Capoeira), resolvem fundar o Capoeira Berim Brasil, procurando criar assim um trabalho novo em busca da unidade de todos e com uma filosofia própria.
Em 2001, Mestre Canguru se muda para os Estados Unidos passando a viver em Tucson, Califórnia e levando o nome do Capoeira Berim Brasil consigo. Em 2003, Mestre Canguru volta a adotar o nome do Grupo Cordão de Ouro e assim o grupo fica sob comando dos Mestres Lucas e Wellington. Em 2007, Mestre Lucas também se muda para os Estados Unidos e resolve fundar seu próprio grupo.
Desde então e até hoje, o Berim Brasil passa a ser comandado unicamente por Mestre Wellington, com núcleos no Brasil e no México, multiplicando cada vez mais a sua atuação e filosofia de ensino da Capoeira.